30 de dezembro de 2010

A propósito do Novo Ano



Os anos passam, sucedem-se... uns tão apaticamente iguais, outros tão dramaticamente diferentes.
Mas existem anos felizes. Ou anos com dias felizes. Ou dias com momentos de felicidade.
O que importa é que existam, que se sintam e façam sentir e não passem por nós vazios ou nós, por eles, sem sentido.
Todos os anos se festeja, de uma forma ou de outra, o segundo de transição da soma de todos os dias que se gastaram nas nossas vidas e a vinda de outros tantos.
Que se festeje pois, mas mais do que isso...
Que se festeje a chegada de mais trezentas e sessenta e cinco oportunidades de fazermos um pouco mais e melhor...
Por nós, para que brilhe mais a nossa lua, vivendo alto;
Pelos outros, para que sintam que os gestos que parecem banais, são afinal fundamentais;
Pela protecção e preservação do mundo, para que não deixe de ser o melhor lugar para viver.
Que se festeje a alegria de não ver perdida a esperança de mudar o que está ao alcance das nossas mãos, quando sabemos que não podemos mudar o mundo.
Que se brinde com lágrimas ou risos o maravilhoso privilégio que é viver. Viver a sonhar e a partilhar. Viver perdendo e ganhando. Viver a crescer e a dar. Viver a amar.
Que cada um de nós, seja a gota de água, o raio de sol, a luz maior que faz a diferença. Que ame cada dia do novo ano, espelhando um sorriso, e que nenhum segundo se desperdice.

Escrevi este texto há um ano atrás e hoje, porque não encontraria outras palavras que dissessem mais ou melhor, o que vos desejo para o novo ano, reedito-o.
Sei que se anunciam dias difíceis, dias que vão apelar mais à nossa resiliência e ao nosso sentido solidário. Estejamos atentos e aproveitemos isso para crescer em humanidade.
Talvez não possamos em 2011, vir a ter tudo o que desejamos, mas que dia a dia, o próximo ano nos permita ter, exactamente, o que precisamos. Isto, parecendo ser pouco, será sem dúvida, o bastante para sermos felizes.


Com a amizade, o carinho e a gratidão de sempre, para todos...

BOM ANO !


46 comentários:

MariaIvone disse...

Maria João

Não discordo uma virgula do seu texto, pelo que assino por baixo.
Para si e todos os que lhe são queridos envio votos de imensa felicidade acompanhados de um abraço fraterno.

Beijos
MariaIvone

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Querida Amiga,

Pelo que logo no Seu texto escreve, mudar o que está ao alcance das nossas mãos é contribuir para mudar o mundo ...

Quanto ao mais, não o escreveria melhor ...!

Por um Ano Novo melhor, brindo Consigo, à saúde!

Um grande beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 30 de Dezembro de 2010

Carlos Albuquerque disse...

Certo, Amiga Maria João, 2011 vai exigir de todos um profundo sentido solidário.
Oxalá tenhamos a capacidade de entendermos esse apelo, afinal, gritado por todos.
Desejo-lhe um Novo Ano com tudo de bom.
Beijinhos

AC disse...

"Talvez não possamos em 2011, vir a ter tudo o que desejamos, mas que dia a dia, o próximo ano nos permita ter, exactamente, o que precisamos. Isto, parecendo ser pouco, será sem dúvida, o bastante para sermos felizes."
Maria João, a forma como termina a sua mensagem é bem elucidativa. Vamos ter tempos difíceis, sem dúvida. Mas todos nós sabemos que muito do que tínhamos, até aqui, era supérfluo. Nunca ninguém deseja tempos de crise, mas talvez nela encontremos a forma de nos (re)encontrarmos, de aprendermos a dar valor àquilo que realmente conta. De resto, a sua mensagem é exemplar. Que os próximos tempos sejam de (re)encontro, é o meu desejo.

Beijo :)

Lia disse...

Maria João,

nada tenho acrescentar - que se brinde(então)com lágrimas ou risos o privilégio que é viver .

Beijinho e um ano cheio de paz*

Carla Farinazzi disse...

Oi Maria João!

Que lindo texto, e que coisa linda você disse ao final... sobre termos aquilo que na exata medida precisarmos... É o que de mais precioso se pode desejar a alguém, eu acho. Desejar que se tenha aquilo que se precisa! Certamente nos será o suficiente.

Beijos, minha querida

Carla

Lídia Borges disse...

Maria João

Obrigada por estas palavras e por todas as outras que partilhaste neste maravilhoso espaço feito de "Pequenos Detalhes". Neles muitas vezes está a chave do "ser-se feliz". Porque a Felicidade vem em flocos como a neve. Caem pequenos e leves e, lentamente, vão cobrindo tudo de um branco luminoso.

Um beijo e um Ano Novo pleno de realizações poéticas e não só...

Maria João disse...

Meus queridos amigos

Sendo esta a minha última página do ano de 2010, irei deixar nesta caixa de comentários, contráriamente ao que é habitual, uma palavra de apreço e gratidão individual, a quem tão calorosamente comenta o que escrevo.

Maria João disse...

MariaIvone

É sempre com muito agrado que a recebo aqui neste meu cantinho.
Atenta e gentil, a sua presenta aqui, foi uma das surpresas que 2010 me reservou!

Obrigada, muito obrigada... que a vida lhe seja grata também.

Maria João disse...

Jaime

Meu amigo

Foram as palavras e os laços que elas fiam, que possibilitaram este nosso encontro na escrita e na amizade.
Que bom tem sido para mim, crescer na escrita e exercitar a mente, ao sabor da batuta de um mestre da palavra.

Obrigada pela estima, pela leitura atenta e pelo cuidado que coloca nas palavras.
Partículas somos, sempre em crescente!

Brindemos... à saúde!

Andy disse...

Maria João,
as tuas palavras dizem tudo, tomara saber escrevê-las, mas sobretudo, sinto-as de coração.

belíssimo texto!

que tenhamos força para vencer os obstáculos, acreditando que é sempre possível!

Abraço enorme, amiga querida!

Rosa Carioca disse...

Maria João, sinceramente, desejo que 2011 traga muitas realizações pessoais para si.

Maria João disse...

Carlos

Meu bom amigo.

A escrita tem-nos mantido sempre perto, e eu eterna aprendiz, sinto um enorme privilégio em ter como amigo, alguém que seja o que for que escreve, o faz com a arte de quem já muito escreveu e a sabedoria de uma vida vivida sem esquecer qualquer das suas dimensões.
O Carlos é para mim, um exemplo de verticalidade, de humanidade e de espírito livre e solidário.
Por tudo isso e porque acreditamos ambos na integridade dos valores expressos, também, na palavra... tenho o maior orgulho em o saber, aqui, sempre muito perto.

Saúde e o conforto dos afectos, é parte do que lhe desejo, com todo o carinho, para 2011.

Eduarda disse...

Maria João,

Um texto intemporal que me fez arrepiar.

Os anos passam e por vezes nos parece tudo igual, por outras tão longínquas.

Não vai de certo ser um bom ano a todos os níveis, mas que nunca esmoreça a luz que temos dentro.

só posso desejar que as tuas palavras continuem por aqui.

bj

Lari Medeiros disse...

Se todos levassem ao pé da letra o verdadeiro sentindo de um ano novo , evitariamos muita coisa.
Feliz ano novo desde já!
Parabéns pelo lindo trabalho

manuela baptista disse...

Maria João

já comecei a guardar os segundos, no bolso das minhas jardineiras

aquelas que nunca mais despimos
desde os três anos de idade

a gota de água e o raio de sol
não se deixam prender

por isso, também comprei uma bussola para os encontrar sempre que precisar

pois eu às vezes desnorteio e aponto o sul, quando todos dizem oeste

e a leste, gosto de descansar

reinvento então todos os anos dos meus dias

em que tenho ainda a ousadia de desejar

...um bom ano para si, por exemplo!

e obrigada por ser quem é!

um beijo

manuela

Maria João disse...

AC

É bem verdade que precisamos, urgentemente, de reencontrar o que nos é verdadeiramente essencial no meio de tantas necessidades que fomos, quase sem nos darmos conta, criando e assumimos como fundamentais na nossa vida, não o sendo realmente.
É preciso apelar à nossa sensibilidade, a um olhar mais profundo sobre gente e coisas e saborear cada segundo que se vive.
É essa sensibilidade que muito aprecio na sua escrita e que aqui se prolonga, nos comentários que me deixa.

Agradeço-lhe de coração e saiba que o seu olhar sobre o que escrevo, é muito importante para mim.

Um 2011 cheio de inspiração!

Maria João disse...

Lia

Obrigada por estares sempre por aqui, acompanhando o que escrevo e deixares sempre esse sorriso e a generosidade das tuas palavras!

Muita serenidade é o que te desejo e que nunca deixes de sentir esse prazer enorme que revelas pelas pequenas coisas!

Paz em 2011, muita paz!!

Maria João disse...

Carla

E precisamos de tão pouco, afinal!
Andamos tantas vezes perdidos no meio de tanta coisa que apenas consome o nosso tempo e nos desvia do que é realmente importante...
Sei que estamos bem próximo na forma como valorizamos os detalhes. É esse olhar atento sobre a vida, essa reflexão séria e assertiva sobre o que te rodeia, sem rodeios de revelares o que pensas e sentes em cada milímetro da tua pele, que mais me atrai no que escreves.

Obrigada por tudo e também por isso!
Que 2011 nos mantenha próximas, nos valores e na escrita.

Maria João disse...

Lídia

Cada palavra que escreves tem poesia!
É uma honra para mim ter-te aqui, tão atenta ao que escrevo, como uma onda do mar que me presentei-a de espuma suave e mansa...
Feliz o caminho que te guiou até mim este ano e permitiu que eu tivesse crescido ao ler o que escreves!

A minha gratidão e que 2011 seja, entre outras coisas, mais um ano de partilha, esta prazerosa partilha..

Maria João disse...

Andy

Minha querida e doce amiga

A tua presença neste espaço é um bálsamo para mim. Não só pela pessoa que és e pela tua sensibilidade, como também pela ternura com que me demonstras sempre o quanto gostas de me ler.
É tão gratificante para mim, saber que chego até ti, através da emoção das palavras...

Obrigada Andy, e que não esqueças em dia nenhum do Novo Ano, o quanto és forte e imensa!

Maria João disse...

Rosa Carioca

A realização pessoal é um caminho que se percorre ao longo da vida, feito de coisas boas e das outras menos agradáveis, mas igualmente importantes. Neste sentido, 2011 será sim, um ano mais de realizações pessoais e muitas mais que, por certo, contribuirei na vida dos que me rodeiam.
Nós somos como átomos, fonte energética vital para a evolução da própria vida e, nesse sentido, o Novo Ano é a continuação dessa caminhada.
Obrigada por estar sempre perto e presente nas palavras e na amizade.

Que em 2011, possa continuar a saborear o tempo, os afectos e a alegria de viver.



Que 2011

Maria João disse...

Eduarda

Tu és a minha mais recente surpresa na poesia! És sensível, e detentora de um sentido poético profundo que admiro muito e com o qual me identifico bastante, para além de seres generosa na leitura que fazes do que escrevo e nas palavras que me deixas.
Mas é gratificante saber que é para ti um momento agradável, quando aqui vens!

Obrigada por tudo, mesmo!!

Que no Novo Ano esta partilha se mantenha e que a inspiração para as palavras, se mantenha fértil na tua seara.

Sonhadora disse...

Minha querida

Um texto muito belo e verdadeiro...muito pés assentes no chão...aliás tudo o que escreves é verdadeiro.
Um feliz 2011, cheio de amor e muita paz, são os meus votos, e agradecendo a tua amizade, neste ano que está a findar...gosto de te chamar amiga.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Maria João disse...

Olá Larisse

Sê bem-vinda aos Detalhes...

Realmente, o que vem de novo é a renovação das oportunidades. Algo que não deveriamos pensar só agora, mas em todos os dias e a toda a hora. Na vida, estamos constantemente a receber novas possibilidades de corrigir o que fizemos mal e melhorar o que já somos. Saibamos nós aproveitá-las!

Que tenhas tudo o que precisas para 2011 é o que desejo.
E volta, quando e sempre que quiseres!

Maria João disse...

Querida Manuela

O que eu gosto dos bolsos das jardineiras e desse descansar a leste...
E o que eu gosto de si!
Ler o que escreve, tanto lá, como aqui, é como como deixar-me guiar por uma varinha de condão e ver tudo à minha volta com as cores do arco-íris e o brilho das estrelas, sem deixar de perceber o que é ser Gata Borralheira, Menina dos Fósforos ou Soldadinho de Chumbo.
São de Fada as suas mãos, o seu talento e o seu coração...
E eu, apenas a privilegiada por a ter aqui, tão perto!

Obrigada, estar-lhe grata é tudo o que sei...

Que em 2011 a brisa a guie, para o melhor lado da rosa-dos-ventos.

António Gallobar disse...

Olá querida amiga

É sempre com prazer renovado que aqui venho, nem sempre de forma assídua como gostaria.
Aqui lhe deixo os meus votos de um grande ano de 2011.

Hoje não quero pensar no que dizem... que aí vem. São vozes de arautos da desgraça, que não quero ouvir, acredito ou quero acreditar que estarão enganados, que com mais ou menos dificuldades vamos passar incólumes o cabo das tormentas uma vez mais.

Um bom ano para si e para todos os amigos.
Beijinho

Dulce AC disse...

"Que se festeje pois, mas mais do que isso..."

Querida Amiga João,Olá.

Subscrevo tudo o que tão bem escreveste, gosto muito do que escreves, aproxima-nos sempre da vida que importa tenhamos presente nos nossos dias...

Que saibamos aproveitar em cada um dos nossos dias as oportunidades que se nos depararão para sermos um pouco melhores...Saibamos ter a força necessária para contrariar os desalentos que formos sentindo...Saibamos ficar em muitos momentos gratos pelo que já temos na nossa vida...Que tenhamos todos o que precisamos..E isso como escreves é bom e será "o bastante para sermos felizes"

Para ti Querida Amiga, um abraço grande grande e Um Ano de muita Paz e Ternura para ti e Obrigada pelo existires também por aqui...

Dulce

Filoxera disse...

Um bom ano para ti também, com saúde e tudo o que mais prezares.
Beijos.

Maria João disse...

Sonhadora

Minha amiga...

Ser-se verdadeiro é um barco manso que ultrapassa qualquer mar mais tempestuoso. Não saberia navegar de outra forma.
Obrigada pela companhia tão assidua e a óbvia leitura atenta que sempre fazes ao que vou escrevinhando.

Que 2011 te traga todos os sorrisos e te inspire em alegria e serenidade, é um pouco do tanto que te desejo.

Maria João disse...

António

Meu amigo

É bom saber que, passar por aqui, é para si um momento prazeroso. Essa é parte da intençã com que vou publicando o que escrevo.
Obrigada pela palavra presente e sempre estimulante que me oferece. Quanto a assiduidade, venha quando quiser e puder. Será sempre um gosto vê-lo por aqui.

Que 2011 nos dê, na verdade, a renovãção das nossas forças e a esperança para viver o futuro, o resto, iremos enfrentando dia a dia.

Tudo de Bom para si!

Mariazita disse...

O final do ano aproxima-se. Faltam já poucas horas.
Preparemo-nos para nos despedir dele com dignidade, ainda que dela não seja muito merecedor :) Podia (e devia) ter sido um pouco melhor...
Que o teu final de ano decorra com muita saúde e alegria, na companhia de quem amas.
Que o Ano Novo traga consigo muitas bênçãos para derramar sobre todos nós.
Ao soar das doze badaladas façamos um voto especial pela Paz e Justiça no mundo.

FELIZ ANO 2011

Beijinhos

Maria João disse...

Dulce

amiga...

Tu és sempre um pedaço de sol que me visita e me aquece!
Para além do teu abraço, que é sempre forte e do teu sorriso, que desarma qualquer tristeza, as tuas palavras são sempre de uma enorme generosidade e ternura.
Possa eu continuar a estar à altura do que esperas de mim, porque a minha amizade tê-la-às sempre!

Sim, que no Novo Ano sejamos ainda mais fortes, mais capazes de superar os momentos menos positivos e tomar decisões cada vez mais assertivas, dando primazia ao que realmente importa nas nossas vidas e sem dúvida, cuidar do nosso coração para que ele possa ser, cada vez mais, capaz de estar disponível para quem está ao nosso lado.
O resto é vida para viver!

Um abraçinho apertadinho

Maria João disse...

Filoxera


São os que amo o que mais prezo!
Se em cada dia do Novo Ano, os que mais amamos estiverem bem e ao nosso lado, isso, por si só, nos fará sentir ainda melhor!

Obrigada pela atenção...
Que 2011 lhe reserve o melhor!

Maria João disse...

Mariazita

Minha boa e fiel amiga,

Foste a primeira a escrever aqui e ainda hoje aqui estás, sempre com o mesmo carinho e amizade. Obrigada de coração, sabes que te guardo em lugar especial!

Sim, que 2011 seja, acima de tudo um Ano de reflexão e adaptação a novos tempos que não serão fáceis. E os que são mais fortes sejam capazes de apoiar aqueles que, por força de diversas circunstâncias, têm maior e mais dificuldade.

Um enorme abraço e o melhor para ti e muita, muita saúde!

Ana Martins disse...

Feliz Ano Novo Maria João, que 2011 seja o ano de todas as realizações, e que cada dia seja pleno de saúde e alegria.

Um beijinho amigo,
Ana Martins

Sofá Amarelo disse...

A Felicidade está directamente relacionada com a razoabilidade do que podemos ter e usufruir: e se uns têm muito dinheiro, nós podemos contrapor com o ter tempo para nós; se uns têm casas enormes, nós podemos contrapor com um cantinho nosso onde guardamos as nossas memórias, se uns têm carros grandes, nós podemos ter um mais pequeno mas fazer um melhor uso dele, se uns se empanturram em restaurantes de luxo, nós podemos usufruir da nossa comida saudável e caseira, se uns fazem grandes e muitas viagens nós podemos viajar dentro do nosso mundo e ir mais longe que eles... basta saber usar as ferramentas que temos ao nosso dispor e a Felicidade chegará por acréscimo!

Muitos beijinhos, Maria João. Um bom Ano de 2011!

Virgínia do Carmo disse...

Maria João, já nos habituaste a essa sábia sensibilidade que é sangue a percorrer-te as palavras... Bem hajas por isso...

Grande e saudoso beijinho! E mais uma vez que 2011 seja um ano feliz...

Maria João disse...

Ana Martins

Obrigada pela tua presença e o teu carinho.
A saúde é por si só um bem do qual nos devemos alegrar, com ela fazemos o resto se não morrer em nós a esperança. Não é verdade?

Um beijinho muito grande e boa inspiração neste novo ano.

Maria João disse...

Alexandre

O que escreveste, podia muito bem ter sido escrito por mim. Penso exactamente assim!
A vida é feita de coisas bem pequenas e quanto mais pequenas forem as coisas que nos rodeiam, mais valor lhes damos.
Tenho pena de ver tanta gente distraída e, também por isso, infeliz!
Mas este pode ser tema para uma conversa de Sofá Amarelo, daquelas tão interessantes e sempre pertinentes que ofereces no teu espaço ao longo de todo o ano. :)

Obrigada por estares sempre presente...
A amizade é um grande laço!

Maria João disse...

Querida Gina

Por falar em sensibilidade, minha amiga... que dizer da tua poesia?!
Acredita que é uma honra para mim, poder evoluír na escrita, lendo-te e simultaneamente ser tua amiga.

Obrigada pela amizade que me ofereces e pelas palavras que aqui deixas sempre.
O futuro é muito mais doce, porque tu existes!

Daniele Barizon disse...

Que 2011 seja repleto de paz, saúde e realizações!!

Bjs!

BRANCAMAR disse...

Maria João,

Fico sempre a ler e reler os teus textos. Hoje apetece-me este atrevimento de te tratar por tu, gostava que fizesses o mesmo. O teu sentido de profunda humanidade deixam-me sempre uma sensação de estar a ler no fundo da tua alma, porque tudo é tão verdadeiro e sentido, que transparece até no silêncio que fazes...
Bem, quem fez algum silêncio fui eu, mas andei por cá, neste aprender a "viver a crescer e a dar. Viver a amar."
Desejo-te exactamente o que precisas e a todos nós, que com muita sabedoria sabes ser o que nos faz felizes.
E será um exercício muito interessante aprendermos a ser no essencial.
Beijo grande, minha amiga, com uma flôr que te ofereço.

FELIZ 2011!

Branca

Maria João disse...

Daniele

Seja bem-vinda!

Que os votos que aqui expressa se concretizem também na sua vida.

Grata, muito grata e... volte sempre!

Maria João disse...

Branca

Querida Branca...

O que é que eu te posso dizer?

Gosto tanto de te ter aqui...
És como a pena de uma gaivota que me fala da liberdade de se ser inteiro e integro e na riqueza que possuímos apenas por gostar e partilhar.
Não é por acaso que me entendes tão bem, até nos silêncios...

Um beijinho de enorme gratidão por seres quem és, e pela forma doce e serena com que me tratas!

Farei sempre por o merecer.

SILÊNCIO CULPADO disse...

Maria João

Que o Ano de 2011 te traga tudo o que ambicionas e que tão bem transmites neste texto harmoniosamente transparente.
Aquela transparência que necessitamos para sermos felizes porquanto, a cada ano, sentimos 365 oportunidades diluídas em insatisfação, em procura e, não raras vezes, em prostração.
Só quem procura para além de si encontra a poesia e o bem estar de cada dia.

Abraço apertado