21 de outubro de 2010

Pétalas em laço


Colho do sol
A cálida fonte que me entregas
De seiva a despoletar-me na pele
O pulsar rosáceo de vida
Ao longe
O cantar das águas em viagem
Semeando em mim
A sílaba que é voz e gesto
De uma força adormecida
Ergo-me do chão
Presa ao coração de um pássaro
E das pedras que me feriram as mãos
Soltam-se os detalhes
Pétalas em laço
Onde se aninha a alma que sou
E com ela te abraço


23 comentários:

f@ disse...

Olá M João,

Mto belo post onde o céu tem asas... e a luz que o sol deixa no cântico dos passarinhos....

!magem mto bela...

beijinhos

Ana Martins disse...

Lindo Maria João, que sensibilidade!

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Lídia Borges disse...

"Ergo-me do chão"
" E das pedras que me feriram as mãos
Soltam-se os detalhes
Pétalas em laço"

Momentos preciosos - as pétalas que eram pedras, mas deixaram de o ser, um abraço de alma a configurar a reconciliação.
E este dizer que sinto sempre tão perto...

Um beijo

João Lenjob disse...

Vim comunicar que meu blog, http://lenjob.blogspot.com,está atualizado com cinco poemas novos e pedir para que visite e comente nos posts de http://castelodopoeta.blogspot.com, para que ele se torne o canal artístico interativo mais interessante do país. Estamos trabalhando muito pra isso.

João Lenjob

Dentro de Mim
João Lenjob

Edito a tua vida
Te invento querida
Te afastas de mim
Faço a manutenção
Com toda questão
E nem sinto dono de mim
Sofro com tua dor
E a tua lágrima sai antes em mim
(De mim)
E como feres meu peito
Crava com jeito um punhal de sentimento
Ou a falta dele
Queria um pouco pra mim.

João Correia disse...

A presença da fina e indelével sensibilidade que caracteriza a poesia que a tua alma te impele a expressares, é uma constante na tua virtuosa colecção, que paulatinamente se vai constituindo em obra. E as imagens, delicadamente subtis, decoram com arte essa tua vocação. Adorei, simplesmente.

Agulheta disse...

Maria João.Sensibilidade em cada detalhe do poema são" as pétalas do laço"gostei muito.
Bjs

Sonhadora disse...

Minha querida
Tão doce e tão suave o teu poema.
Adorei.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Dulce AC disse...

pétalas em laço aqui recebi

e vou deixá-las ficar
fazem me tão bem ...

mesmo quando no meu voo
ouso largar uma destas pétalas
para alguém que me olha
sinto logo uma imensa gratidão
por aquele olhar fixo em mim
guardado no meu coração

é o teu olhar Maria João..
Obrigado Amiga

Num abraço um beijinho de muita ternura*

Dulce

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Querida Amiga,

Hoje vou ser parco em palavras.

Desenlaço as pétalas e digo-Lhe:

Bonito mesmo!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 21 de Outubro de 2010

Nilson Barcelli disse...

O teu poema é fabuloso.
A falta de pontuação dá-lhe algumas nuances interessantes.
Li e reli... e gostei imenso das tuas palavras, criteriosamente escolhidas.
Um beijo, querida amiga.

Andy disse...

Maria João, as tuas palavras sempre de uma presença forte no meu coração... como as teclas deste piano que ressoam alto, bem alto na minha alma que também te abraça.
Beijinho amiga

António Gallobar disse...

Olá Maria João

Palavras doces e ternas, que aquecem a alma, deixando o coração bem apertadinho, pétalas, são petalas que derramas,

"...Soltam-se os detalhes
Pétalas em laço
Onde se aninha a alma que sou
E com ela te abraço"

Parabens beijinho amiga, a escrita poética está cada vez mais fluente, mais natural e mais genuina, eu gosto muito, escreve muito...

Beijo

MCampos disse...

Há uma fluidez de sensibilidade e leveza, nas suas palavras, que me agrada muito. Belo poema, Maria João.


Um beijinho e bom fim-de-semana.

manuela baptista disse...

um abraço

é um enlaço
um baraço

prende e liberta o pássaro

o ninho permanece aninhado dentro de nós

...das suas pétalas em laço, levo algumas
para as soltar quando for manhã!

um beijo

manuela

A.S. disse...

Maria João...

Belissimo este teu poema!
Eu fico-me pelo abraço das pétalas...

Beijos
AL

rosa-branca disse...

Olá amiga Maria joão, Pétalas em laço onde se aninha a alma que sou e com ela te abraço. Simplesmente maravilhoso. Destaco o final porque o acho soberbo. Todo o poema o é, mas adoro o final. Beijos amiga com muito carinho

Rosa Carioca disse...

Mais uma vez concordo, plenamente, com "rosa-branca". Adorei, em especial, o final.
Obrigada pela visita ao meu blog e pelas lindas palavras que deixou.
Beijinhos.

. intemporal . disse...

.

. des.laço.me da estrela mayor .

.

. e deixo um beijo entre.palavras que são pétalas de bem.me.querer .

.

. um beijo, maria joão .

.

. paulo .

.

mundo azul disse...

___________________________________

Um poema onde a emoção está em cada verso... Isso o faz um belo poema!



Beijos de luz e o meu carinho!!!

_________________________________

Nova civilização disse...

Amiga,

muito lido...

O Sol resplandece o que temos de melhor,


beijinhos

Gisele

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, passei para te desejar boa semana.
Beijos.

AC disse...

A seiva da vida a inundar os nossos dias...
Magnífico este cantar, Maria João!

beijo :)

BLOG DO PROFEX disse...

Renascendo nas pedras, o poesia se alimenta de cada gesto e nos liberta.
Um grande abraço, Maria João.