31 de julho de 2010

Há sereias nos rios


[Rio Alva - Avô ]

Há sereias que dormem nos rios
esquecidas no verde das colinas
e no musgo da história
suspensa
Neles, nos rios
embalam o canto
no encanto de serem água, apenas
gotas de um mundo maior
em lágrimas mudas
e vidas serenas

[Rio Ceira - Góis]

13 comentários:

Dustin Maia disse...

Que belo! "em lagrimas mudas e vidas serenas"

manuela baptista disse...

há sereias

mudas e quedas
que em águas serenas
são gotas de espanto

num só versejar

...

algumas andam por aqui
e é apenas um pequeno detalhe!

um beijo, Maria João

Manuela

Nova Civilização disse...

Amiga,

simplesmente divino!

"...no encanto de serem água, apenas gotas de um mundo maior..."

a água que purifica, sinônimo da VIDA!

Beijinhos no coração,

bom domingo

Gisele

Lídia Borges disse...

Ouve-se o canto triste! A serenidade guarda "lágrimas mudas" entre o "musgo da história".

Um encanto!

L.B.

Rosa Carioca disse...

É claro que não sou uma crítica de poesia, muito menos entendida, apenas sei dizer se gosto ou não. Mas quando li este poema, ele pareceu-me musical...
Lindo!

Sofá Amarelo disse...

As lágrimas das sereias são ... serenas, de tão mudas... e os cantos embalam os rios que trazem águas de outros mundos e levam lágrimas mudas envoltas no musgo da história...

Virgínia do Carmo disse...

É fácil esbarrar, por aqui, no encantamento das palavras em cascatas de água doce!

Um doce beijinho, João!

Ana Martins disse...

Boa noite Maria João,
as palavras fluem soltas em versos que nos fazem estremecer, adorei!

Beijinhos,
Ana Martins
Ave Sem Asas

Mel de Carvalho disse...

Existem sim, João, existem sereias nas gotas ínfimas de que, cada rio, se faz mar...

Bem-hajas, amiga, pelas tuas palavras.
Por mim, vou tentar sempre ouvi-las, quando, subindo o Mar da Palha, elas(as sereias ;), me segredarem búzios aos ouvidos... como neste poema.

Beijo minha amiga
Mel

Vieira Calado disse...

Se fossem do Tejo eram tágides...

como dizia o Camões...


Beijocas

Carmem L Vilanova disse...

Ola Maria Joao,

Cheguei aqui meio por acaso para convida-la a participar de um desafio super interessante lancado pelo blog Espaco Aberto.
Se quiser dar uma olhadinha ficariamos felizes de fazer mais uma amiga.

Beijos, flores e muitos sorrisos!

Mar Arável disse...

Há sereias

que são musas

e vêm à tona

Bj

. intemporal . disse...

.

. que te hei.de fazer? que hei.de eu fazer? .

. sinto.te oriunda de um léxico ardente . onde és a porta escancarada da frente . vogalização crescente e pungente .

.

. latente .

.

. maria joão,,, orgulho.me tanto e tanto e tanto de ti .

.

. um bom fim.de.semana .

.

. um beij.íssimo meu .

.

. e saio . rendido .

.

. paulo .

.