25 de julho de 2010

Ao sol



Cedo à transparência do sol
porque tudo é breve
e o brilho tem de vida
apenas o segundo
que antecede
a queda previsível
das folhas mortas
na sombra improtelável
dos dias findos



(Ft. pessoal )

21 comentários:

AC disse...

Tudo tem o seu momento e, na hora certa, há que respirar aquilo que a vida nos oferece...
Palavras lúcidas, Maria João!

Beijo

BRANCAMAR disse...

Belíssima Dália so sol, fez-me sentir saudades das do quintal da minha mãe, na minha infância.
Tudo é breve, mas o breve às vezes é um momento único que dura a vida inteira...
Tão bonito o texto, tão cheio de Luz!
Beijos
Branca

Vieira Calado disse...

Por um comentarista fico a saber que se trata duma dália.

O poema a condizer!

Saudações poéticas.

Sonhadora disse...

Minha querida
Um belo poema...uma bela imagem.

Beijinhos
Sonhadora

Lídia Borges disse...

Da fugacidade da luz...

Lindo!


Beijo meu

manuela baptista disse...

dos dias findos

que do fundo tem dos dias

em apenas um segundo
antecede
a breve vida

Maria João

eu também cedo
sempre
qualquer coisa ao sol
e à vida

gostei! da sua transparência!

um beijo

Manuela

Mar Arável disse...

Tudo é breve

excepto

os vagarosos instantes

José Quintela Soares disse...

"Tudo é breve", e apesar de tudo se renovar, importa saborear plenamente o momento, único ou não.

A.S. disse...

M. João,

A expressão poética das palavras é sublime!
Por vezes, basta um rasgão de luz para que vejamos o infinito!


Um BeijO
AL

Mariazita disse...

Para não esquecer :) começo por felicitar-te pela linda foto que fizeste da dália. É uma flor muito vistosa e de que há uma variedade enorme. Quando vejo dálias sempre me lembro da minha Mãe pois ela tinha-as lindíssimas.

O poema, de poucas palavras, é (penso) de grande profundidade.
O brilho é efémero e de vida muito curta...
Gostei muito.
Beijinhos, amiga minha.

Nova Civilização disse...

Amiga,

muito lindo...

a vida é tão breve. Passa tão rápido... Que possamos eternizar todos os momentos dentro do nosso coração e assim extrair (da vida) o seu melhor como verdadeiros aprendizes,

PS: A foto é linda!

beijinhos no coração

Gisele

Sofá Amarelo disse...

Os dias findos não são mais do que os dias que cedem à transparência das sombras e antecedem a queda das folhas mortas, mortas pelo fugaz brilho de vida que não durou mais que um segundo...

São disse...

A transparência do Sol casa bem com a dália.

Um abraço.

Vitor Samuel disse...

Acho que tudo se torna mais belo quando damos conta de que irá se acabar, só damos valor mesmos as coisas quando estamos perto de perdê-las ou quando o mesmo já ocorreu.

Dustin Maia disse...

Gracioso! Seguindo-te

Mariazita disse...

Amiguinha
Não é retribuição :) é apenas o desejo de vir dar-te um beijinho de boa noite.
Que os Anjos velem o teu soninho (quando forem horas; ainda é cedo...)
Até sempre, amiga minha.

Nilson Barcelli disse...

A vida é mesmo curto e, no fundo, o agora é que precisa de ser vivido.
Excelente poema. Gostei muito.
Beijos, querida amiga João.

Manuel disse...

Um bom trabalho.

Daniela disse...

noh, ft bonita.. a altura da reflexão.

bjs

. intemporal . disse...

.

. é sempre assim ... .

.

. quando a exatidão da assertividade res.plandece na mais bela composição poética .

.

. é sempre assim . aqui .

.

. e que este desejo de viver para sempre, que o enorm.íssimo Freddy Mercury tão sabia.mente imortalizou, seja o nosso hino, o meu para ti, o teu para mim .

.

. sabes porquê,,, .

.

.

. um imens.íssimo beijo .

.

. que desejo para sempre .

.

. terno e e.terno .

.

. imortal .

.

. paulo .

.

air max nike disse...

Thank you very much for this article!
For a long time I have done exactly what you warn against. This article

was a slap in the face - but a needed one.
That being said, what is the value of an intuitive explanation? Is it to

give a lay person an "ah-ha" moment? Is it good to have SOME

understanding, even if it is "vague and mush?"
nike air max
air max nike
cheap nike air max
air max 2009
air max shoes
air max 90