6 de junho de 2010

Isto dá que pensar (6)



Porque é na adversidade que
questionamos os nossos limites...





... Vale a pena mergulhar dentro de nós e,
nesse silêncio só nosso, percebermos
o quanto somos fortes, afinal !


10 comentários:

Rosa Carioca disse...

E quando nos superamos,surpreendemo-nos com a nossa própria superação.

Sofá Amarelo disse...

Quer queiramos ou não, nós somos a última solução para as dificuldades. A presença e a ajuda dos outros é muito importante mas na hora da verdade somos nós que temos que decidir e sobretudo... agir! Ou não: ou não agir, ou agir mais tarde! Fundamental mesmo é decidir, sabendo que somos nós que seremos os primeiros a constatar essa decisão.

E não há decisões certas ou erradas, apenas há mergulhos à superfície e outros que vão mais profundos.

Muitos beijinhos. Boa semana!!!

Mar Arável disse...

Mesmo nos chamados nossos silêncios

somos uma multidão
em síntese

Ana Martins disse...

Boa noite Maria João,
este pensamento dá mesmo que pensar, pela sabedoria e maturidade que transmite.

Beijinhos,
Ana Martins

Carlos Albuquerque disse...

Dá sim, dá que pensar.
A adversidade, ou os momentos adversos, tenho-os com uma espécie de tentativa (vinda sabe-se lá de onde ou de quem)para nos barrar a rota do nosso caminhar, quiçá desviá-la.
Nos meus momentos adversos (não têm sido poucos)faço o que a Maria João diz - mergulho!
Transformo a solidão e o silêncio encontrados num cobertor com que me resguardo dos meus medos, sem que esmoreça.
Outras vezes, talvez a maior parte, chegam-me daquela solidão e daquele silêncio gritos fortes, ecoando por mim, rasgando saídas, apontando caminhos, dizendo vai!
Na verdade é no meu fundo e na minha companheira de toda a vida (outra parte de mim)que tenho sempre encontrado a força para ultrapassar os momentos adversos, ou para me reerguer quando tropeço.
Sobrevivo e digo - hei-de conseguir!
Gostei muito deste seu post, a provocar-nos:)
Um grande abraço

Mariazita disse...

Maria João
Gostei imenso do vídeo. Não conhecia.
Felizmente há alguns casos que nos mostram o que é superar dificuldades. Pessoas com deficiências físicas extremas que não se deixam vencer pela adversidade; ao contrário, lutam, fazem da fraqueza forças, e dão-nos, a todos nós, lições de vida admiráveis.
Esses conseguem vencer todas as barreiras.
É neles que devemps pôr os olhos e tentar imitá-los.

Beijinhos, amiga.

Nova Civilização disse...

Amiga,

espetacular esse video. Sem palavras! Quando mergulhamos no infinito da nossa alma e resolvemos nos encarar de frente , retirar o que nos pesa, o que não nos faz andar, a querer evoluir... é um grande começo para buscarmos essa grande oportunidade de voarmos. Nos sentirmos leves e assim voar... Pois , acredito, que voar é superar a tudo que nos diz não, a tudo que nos queira por para baixo preso ao chão, pois na realidade fomos criados para voar, embora muitas vezes o mundo nos queira ver fixado ao chão, talvez rastejando a ele. Mas possuímos uma capacidade enorme em superação, basta acrditar, levantar e andar...Deixar que a luz entre e ilumine o nosso caminho,

És muito preciosa ao meus olhos.Tens razão. Encontrar a luz supera a qualquer ritual externo. É sobretudo procurá-la e permitir-se a esse encontro dentro do nosso coração pois é lá a sua morada essencial,


obrigada pela amizade,
beijinhos,

Gisele

Lídia Borges disse...

Muito sugestivo, este vídeo!
Há quem leve a vida todo a decidir se mergulha ou não...

Um beijo

argumentonio disse...

"nesse silêncio só nosso" é ciência e poesia!

e há algo mais forte?

;_)))

Valvesta disse...

Olá, vim te convidar a conhecer meu blog hanukká,http://hanukkakalado.blogspot.com/.
Ficarei feliz com sua visita, e com certeza vc irá gostar, beijos no coração.
************************
Cristo é superior aos anjos
4 feito tanto mais excelente do que os anjos,
quanto herdou mais excelente nome do que eles.
5 Porque a qual dos anjos disse jamais:
Tu és meu Filho, hoje te gerei?
E outra vez: Eu lhe serei por Pai, e ele me será por Filho?
6 E, quando outra vez introduz no mundo o Primogênito,
diz: E todos os anjos de Deus o adorem.
7 E, quanto aos anjos, diz:
O que de seus anjos faz ventos e de seus ministros,
labareda de fogo.
8 Mas, do Filho, diz: Ó Deus,
o teu trono subsiste pelos séculos dos séculos,
cetro de eqüidade é o cetro do teu reino.
9 Amaste a justiça e aborreceste a iniqüidade;
por isso, Deus, o teu Deus,
te ungiu com óleo de alegria, mais do que a teus companheiros.
10 E: Tu, Senhor, no princípio,
fundaste a terra, e os céus são obra de tuas mãos;

Linda noite.