9 de março de 2012

O que é extraordinário é a vida.



“ O que acho cada vez mais extraordinário é a vida!  A maravilha que é estarmos vivos.
É das coisas realmente excepcionais, estarmos vivos e lidarmos com vivos. Isso é que é o fundamental da minha experiência.
E agora, com esta experiência de doença que tenho tido, tenho aprendido o valor de certos pequenos instantes."


7 comentários:

Lídia Borges disse...

Quando mais alto subimos nos ramos de uma árvore, melhor e mais longe podemos ver.
Só do topo se alcançará esta limpidez na visão das coisas e do mundo que habitamos.

David Mourão Ferreira, claro! :)

Beijinho

Teresa disse...

As experiências de dor ensinam-nos o valor dos "pequenos detalhes".
Beijinho.

Mariazita disse...

Querida amiga
Muito profundo, este texto de David Morão Ferreira, convidando à reflexão.
Gosto muito da sua obra.
Escolheste bem.

Bom domingo. Beijinhos

Mel de Carvalho disse...

a enormidade da descoberta, Joãozinha, está na constatação de que, porque ser tão evidente, não nos damos conta, paradoxalmente, do quão singular e mágico é o acto de respirarar - a vida é então, a dádiva que o Universo colocou em nosso peito...

beijo, minha amiga.
(reconhecimento meu, aqui, pelo tudo e pelo tanto; pelos momentos preciosos em que, nestes detalhes, singularmente, me impeles à meditação...)

rosa-branca disse...

Olá amiga, são as pedras que se atravessam no nosso caminho que nos aclaram a visão. A vida é realmente maravilhosa, mas por vezes só quando passamos por certas dificuldades é que damos mais valor a certas coisas. Espero que esteja tudo bem consigo. Beijos com carinho

BRANCAMAR disse...

Obrigada Maria João por este pequeno texto de um Homem que muito admirava, que marcou a minha juventude, como outros escritores ainda vivos e grandes ao tempo.
O que diz é uma grande verdade, que muitas vezes só se aprende com a experiências de vida marcantes.

Beijinhos para ti.
Branca

Hanaé Pais disse...

Os pequenos instantes, são os que duram e perduram na memória.
No mais simples reside o mais belo.
O belo feito de pequenos instantes.