9 de fevereiro de 2011

Flor do Cardo



Se a noite cair em mim
E me fizer rendida à terra,
Inesperadamente
Eu serei de novo
Flor do cardo
A beber da saudade dos teus olhos
A indizível serenidade
Do amor eterno.



22 comentários:

avesemasas disse...

Perfeito, lindo como só tu sabes escrever Maria João!

Beijinho,
Ana Martins

Uma PROFESSORA apaixonada.... disse...

Como suspiro ao ler tamanhas emoções em tão simples palavras.
Fantástica.

Mel de Carvalho disse...

E não era assim, minha amiga, que acontecia?
Depois de saltar a fogueira, as moçoilas da aldeia queimavam a alcachofra que, mantida ao orvalho da noite, haveria de reflorescer (amor eterno). A sabedoria estaria em ter encontrado, de tantas disponíveis nas serranias, a "flor do cardo" mais promissora. :)

Minha amiga, só tu mesmo. De que te lembras. Que saudades dos tempos de antanho... ehh.

Ah, é verdade: gostei bués, Joãozinha. Estás autorizada a continuar a "saltar a fogueira".

Beijo. Tua fã. Sempre.
Mel

Nova Civilização disse...

Lindo. Muito lindo. E obrigada, sempre!

beijos ,

Gisele

Lídia Borges disse...

É assim que o amor se eterniza numa ciclicidade que exclui a noite e se faz serenidade...

Um beijo

Cris Tarcia disse...

Lindo, lindo, como sempre
Beijos

manuela baptista disse...

agora já sei

porque é da paixão, a cor da alcachofra selvagem!

cardo de Santa Maria, alivia as picadas de cobra

salta connosco às fogueiras

e renasce consigo na eternidade do amor

um beijo

manuela

Mar Arável disse...

Bela flor

Cristina Fernandes disse...

Sem cindir as palavras, juntaste-as numa belíssimo poema... obrigada.
Bjs,
Chris

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Querida Amiga,


Sejas pois flor
do cardo ou não
da água que tu bebas
serás paixão


Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 10 de Fevereiro de 2011

Filoxera disse...

Gosto. Assim como da imagem do amor eterno.
Beijos.

Linda Simões disse...

Maria João

A essência de tudo que leio
aqui

Fica no coração guardada



beijo

AFRICA EM POESIA disse...

Maria João

Vim deixar a noticia...

Sábado dia 19 De Fevereiro

Tenho apresentação do meu livro

Caminhei ...Caminhando
e a apresentação de Algumas telas...

a Apresentação Será às 15H 45 Minutos
na Casa Luso-Angolana

Associação Lusófona do Porto

PRAÇA DAS FLORES

Edifício Fontanário.

Porto

Conto contigo e leva amigas(os)


beijos

Dulce AC disse...

Amor eterno...
Todo o amor para sempre
Que bom seria se todos os momentos de ternura fossem para toda a vida

Mas nem sempre o são.
Por vezes acontece em nós um recomeçar...
É um novo dia que nos trará porventura, tudo o que merecemos
do amor que em nós sempre preserverou...

Um beijinho grande... de muita ternura para ti João.
Lindíssimo.
Fez-me muito bem ler-te.
Dulce

A.S. disse...

M.João,

Muito lindo!
Mas deixa que te diga que a flor do cardo, tem a sua beleza, selvagem e rebelde!

Um abraço,
AL

retrato disse...

uma flor que convida, com a sua excentricidade e calor da cor, ao desafio do eterno alimentado pela poção do amor.
encantos, para muitos, desconhecidos.

tudo tem a sua beleza quando com beleza é referenciado.

BRANCAMAR disse...

A flôr de cardo é das mais lindas, nascida das durezas do solo e nele eterna beleza a desabrochar.
Dizes tudo tão bem Maria João!
Em poucas palavras te encontro.

Beijinhos
Branca

Virgínia do Carmo disse...

Talvez a eternidade seja a maior das seduções... e este poema sabe a eternidade! E não são todos os poetas que conseguem colocar toda a eternidade em tão poucas palavras!

Beijinho de admiração e saudade!

. intemporal . disse...

.

.

. in.dizível e in.sondável é o detalhe . que aqui encontro . e que em ti . aqui é conto . sempre no ponto . nunca morto .

.

. um bom fim.de.semana .

.

. um beijinho meu .

.

.

Sofá Amarelo disse...

E a flor do cardo consegue ser linda, apesar do... cardo!

A saudade bebe-se dos olhos e das mãos e é com serenidade que nos rendemos à terra, porque ela é... como a flor do cardo!

AC disse...

Maria João,
O poema é tão belo e tão tocante que nem sei que diga. Limito-me a sentir as palavras, a ver cada uma em perfeita harmonia...

Beijo :)

Valquiria = selos e mimos,valvesta e hanukká. disse...

________(¯`: ´¯)▓▓)
_______(¯ `•.\|/.•´¯)
____(▓(¯ `•.⋐(█)⋑.•´¯)▓▓)
____(▓▓(_.•´/|\`•._)▓▓▓▓▓)
____(▓▓▓▓(_.:._)▓▓▓▓▓▓▓▓)
_(▓▓▓▓▓_▌▌_▓▓(¯`:´¯)▓▓▓▓▓)
_(▓▓▓▓__▌▌_(¯ `•.\|/.•´¯)▓▓▓)
__(▓▓____▌(¯ `•.⋐(█)⋑.•´¯)▓)
___(▓▓___▌▌▓(_.•´/|\`•._)▓)
____(▓___▌▌▓▓ (_.:._)_▓)
Um amor assim só na poesia podesse encontrar.

Bom resto de semana, bjos.