30 de setembro de 2009

Para onde vou....


Para onde vais?
Perguntas a medo…

Sou um leme, uma vela
Sou barco com rumo
Que dorme em teu cais
Em segredo…

Para onde vais?
Queres mesmo saber…

Vou pintar de água doce
O mar que navegas
Com o coração
A bater....

Não me perguntes mais
Para onde vais?

Irei, serei, aqui e tão só
Pedra nua, suave nevoeiro
Uma alma que se cola à tua
E assim, abraça o mundo inteiro



A foto, que é minha, é o registo de uma das margens do Douro, num dia calmo em Raiva .

14 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Lindo! Um encanto para ler ... Teus poemas são muito bons!
beijos

MCampos disse...

Que poema lindo, Maria João. Do todo, retiro o final, a última quadra, bela nessa determinação de ir e ser.

Um bom resto de semana e um beijo.

as-nunes disse...

Maria João

Foi desse lugar, Gaia, ponte D. Luis, Batalha, Rua de Entreparedes, que, num ano dos 60, deixei que a vida me levasse para outras paragens...
Muito tempo se passou. Leiria passou a ser outro início de vida...

Um beijinho
António

Nova Civilização disse...

Lindo o seu poema. Suave. Nos faz realmente navegar em uma doçura de mar.
Seu blog é um encanto!

Gisele.

Nilson Barcelli disse...

"Vou pintar de água doce
O mar que navegas
Com o coração
A bater...."

Poema muito interessante, nomeadamente pelo jogo da pergunta/resposta.
Gostei imenso querida amiga, o teu poema é, como sempre, magnífico.
Bom fim de semana.
Um beijo.

Cris Tarcia disse...

Ola! Lindo poema, seu blog é um lugar muito gostoso de visitar . Voltarei mais vezes.
Um abraço

AFRICA EM POESIA disse...

Maria João


è bom ler-te e saber que ir...e saber encontrar o caminho é gratificante...

eu sei a tua vida e sei as horas que um blog nos tira.
Espero que a partoir da semana que vem eu possa continuar a responder a todos e a sentir vida...Aqui.


para ti um beijinho

Oliver Pickwick disse...

Poema com a doçura das águas doces e delicadeza de mar calmo. Essência de lirismo sereno.
Um beijo!

Cris Tarcia disse...

Ola! Obrigada pela visita e por querer fazer parte dos meus amigos.
Um lindo final de semana pra vc
Beijos

Cris Tarcia disse...

Obrigada pela sua visita e pelas lindas palavras. É a vida que tem me ensinado muito, cada dor, cada desilusão me fez procurar novos caminhos, e claro cada encontro me aquece a alma. A sua presença me traz muita alegria. Estamos tão longe, eu aqui no Brasil em Belo Horizonte, vc ai em Portugal, é maravilhoso isso. Espero aprender muito com você, sabe adoro Florbela Spanca.
Um grande abraço muita luz e brilhos

Nova Civilização disse...

Querida,

Obrigada pelas palavras e a visita no meu blog. Fiquei muito feliz em te encontrar por lá.
A sua poesia é linda. Gosto muito de ler as suas obras.Sinto amor no que escreves. Verdadeiro dom de Deus!

Beijos,

Gisele.

Nilson Barcelli disse...

Querida amiga, boa semana.
Um beijo.

AFRICA EM POESIA disse...

Maria Jõao


Obrigada por passar por aqui.
Este aconchego é mesmo aconchego
um beijinho

Aconchego

Poesia...
Tantas vezes...
Tão pequenina...
E que tanto...
Encerra...

....
Hoje...
....

Sem nada escrever...
Apenas a pensar...
Sinto que...
Apenas a poesia...
É o meu aconchego...

LILI LARANJO

António Gallobar disse...

Simplesmente uma maravilha, muitos parabens adorei

Beijinho, grande inspiração para estes lados, fantastico...