13 de setembro de 2009

Pausas e vírgulas



Foi...
Uma pausa, um olhar, algo mais demorado
Um descanso merecido de alguém que andava cansado

Foi...

Uma vírgula ou dois pontos, uma paragem, um momento
Deste fio que me escreve e que rola no tempo

É....

A raiz que renasce, que brota e floresce em pedaços de escrita
Pequenos e grandes abraços, histórias e acordes de vida


4 comentários:

Sonia Schmorantz disse...

Puro, simples, doce...
beijo, lindo domingo

Carlos Albuquerque disse...

É um encanto vê-la dedilhar assim pelo kissange (Luanda, sempre ela!) da alma!
Bjs e bom Domingo!

Alexandra disse...

Mais um texto lindo, Maria João, e sempre um renovado prazer ao reler-te!
Obrigada pelas palavras, sempre tão doces, com que enfeitas o meu cantinho...


Obs:Tenho no meu blog (em "Miminhos que Recebi")um miminho para ti...


Um beijinho.

Nilson Barcelli disse...

Fosse o que fosse, aparentemente gostaste... a julgar pelas tuas belas palavras.
Querida Maria João, um beijo.