23 de julho de 2011

Autenticidade



Woman with Eyes Closed -  Lucien Freud (2002)


Mesmo que no céu voem pássaros de belas plumagens e em terra, as flores se sintam pequenas ante tamanha beleza, a autenticidade é uma vela que nos revela, neste tempo obscuro onde tudo é efémero.
Sagrada é a vida e ela, é que é bela. 
Grande,  
é apenas o que de fértil deixamos germinar dentro dela.





11 comentários:

Lídia Borges disse...

Sagrada é a vida e tudo o que de positivo germina dentro dela, dizes tu, imbuída de uma autentidade que te é peculiar.
Grata por seres também tu uma "vela" que se acende na noite daqueles que cuidas, carinhosamente, tenho a certeza.

A minha admiração

Beijo

A.S. disse...

Maria João,

Revejo-me tanto neste teu texto que, apesar de breve, tanto diz!...

Um abraço e bom fim de semana!
AL

BRANCAMAR disse...

Muito lindo este texto Maria João, tão singelo e profundo!

Sem dúvida que a autenticidade é uma luz que nos revela mundos maravilhosos...e a vida sempre vale a pena assim iluminada de um verdadeiro amor e entrega.

Beijinhos
Branca

antonio ganhão disse...

O resultado de autenticidade da fertilidade é a vida...

. intemporal . disse...

.

.

. só é autêntico o fruto uterino .

.

. mas . antes da obra . a autenticidade é [ou deveria ser]. in.equivoca.mente . de quem dela sobra ... o que . as luzes da ribalta . des.favorecem .

.

. um beijo .

.

.

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Querida Amiga,

De tão pequena e sagrada e por isso sendo bela, a vida se torna grande!

Um beijinho


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Julho de 2011

Jaime Latino Ferreira disse...

MARIA JOÃO


Outra vez!

E olhe que nem de propósito:

A propósito de um tema do trio de Bernardo Sassetti, Vagabundo, acabei de editar no mural do meu facebook, a miniatura que se segue:


VAGABUNDO


Vagueio
vagueio
e o mundo
olha para mim
vagabundo
olha sem ver
que no fundo
aquilo que vê
é profundo

É o que vê
um segundo
que tem o tamanho
do mundo


Jaime Latino Ferreira
Estoril, 24 de Julho de 2011

manuela baptista disse...

autêntico é o seu pensamento


da grandeza não sei nada

revelo-me, na luz que tento desocultar

e dou-lhe um abraço, efémero, porque virtual

manuela

Rogério Pereira disse...

Ainda estou sob o efeito
do peso da minha ignorância...

Não lhe adiantava a ele que eu o conhecesse
Mas seria para mim um avanço no entendimento
dos rostos
das expresões da vida
das alegrias
e dos desgostos

Ana Martins disse...

Boa noite, Maria João,

Para ler, reler e reflectir!
Concordo, minha amiga, "Sagrada é a vida e ela, é que é bela."

Beijinho,
Ana Martins

AC disse...

Maria João,
Partilho desse olhar, sensível à autenticidade das coisas...

Beijo :)