16 de outubro de 2008

Espero por ti!


Teria sido tão fácil se tivesses fixado os meus olhos,
Teria sido tudo tão mais fácil ...
Porque não sentiste o teu peito a bater?
Porque não ouviste a voz dos passáros?
O barulho do mar?
Pedi-te tanto.
Cheguei até a suplicar...
Que olhasses o horizonte enquanto andavas,
Que chorasses em vez de rires de ti próprio,
Que te aconchegasses a mim, mesmo sem teres frio...
Ah, como teria sido tudo tão fácil!
E assim se perdeu um tempo,
Que sendo nosso nunca o terá sido,
Assim se perdeu tanto de nós ... tanto de ti...
Que tal como a areia nos dedos ,
Senti fugir para longe de mim!
E chorei... e gritei... com angústia e ás vezes mágoa!
Lutei, lutei...lutei !
E cansada, esgotei.
Sento-me á beira deste rio, de pranto e tristeza
Serenamente eu espero que tu venhas,
E desta vez, fixes os meus olhos e digas:
Deixa-me chorar contigo, Mãe!

5 comentários:

Nilson Barcelli disse...

Comoveste-me.
Beijo.

Dulce AC disse...

absolutamente maravilhoso...
como as palavras podem ser tão maravilhosas e simultâneamente tristes, de uma tristeza que nos encolhe cá dentro

num abraço um beijinho amigo

dulce ac

Maria João disse...

Dulce

Tenho de lhe escrever aqui, pois não tenho outra forma de lhe agradecer...

agradecer a leitura,

e o aconchego nas palavras.

Volte... volte sempre, gosto de si, aqui!

Um beijinho

Dulce AC disse...

Maria João
Olá...

Para começar muito obrigado
pelas suas palavras

gosto muito do que escreve..gosto mesmo muito
as palavras que leio na leitura atenta que sempre faço ecoam dentro de mim
num misto de sentimentos
sinto-me viva

e sinto-me sobretudo muito grata por aqui ter entrado e ficarei Maria João,
voltarei sempre aqui...

não tenho blogue...é verdade
não estou no facebook
mas tenho e.mail...como chegar até si por e.mail, não sei como fazê-lo..?!

num Olá muitos beijinhos para Si de Obrigado e de um fim de semana feliz *

dulce

Maria João disse...

Dulce

Minha querida e nova amiga

Não sei bem como dizer-lhe o quanto me sinto feliz e acolhida, pela leitura atenta que faz do que escrevo...
É nessa ignorância, deixo-lhe apenas o meu coração aberto, pleno de uma amizade pronta a semear e a colher, como tanto gosto de fazer, na vida.
O meu mail Dulce, está no meu perfil e é:

mjlmartins@gmail.com

Estarei à sua espera, sempre e quando quiser.

Com amizade
Maria João